Chihayafuru Cup 2021

Nos últimos tempos tem sido difícil assistir a outras pessoas jogarem e não poder fazer o mesmo. No entanto, é sempre um prazer assistir à Chihayafuru Cup, que com certeza veio para ficar e mudar muita coisa no mundo do karuta. Esse torneio é muito legal, pois as habilidades de todos os participantes são muito equiparáveis e os jogos costumam ser equilibrados, fica difícil de saber quem vai ganhar e pode haver uma virada a qualquer momento. Sabemos que cometer erros é ruim em qualquer esporte, mas em disputas assim o menor deles pode ser fatal.

Além disso, o torneio desse ano foi especial porque, pela primeira vez, organizamos uma watchparty com participação de jogadores estrangeiros para ver e comentar junto. Obrigada ao Asa no Tsuyu por topar o desafio de organizar tudo com a gente e a todos que participaram. Contamos também com a ilustre presença de Mutsumi Stone. Como jogadora experiente, ela esclareceu a importância do estilo único do atual Meijin, Kumehara, que trouxe para o karuta competitivo fatores mais estratégicos, utilizando suas habilidades da maneira mais eficiente para obter constância nos resultados. Por ser o Meijin, acreditamos que sua visão de jogo tem a capacidade de inspirar muitos jogadores mundo afora.

Algumas horas após o final do torneio comentamos a última partida em reunião com membros e pessoas que nos acompanham. Sempre ficamos contentes com o interesse do pessoal, principalmente porque karuta ainda não é um esporte muito acessível no Brasil e estamos nos acostumando em como levar o assunto para aqueles que ainda não conhecem. Somos muito gratos por todo o apoio que recebemos.

Enfim, sem mais delongas, vamos ao que interessa!

Continuar lendo

Chihayafuru Fund e a Chihayafuru Cup

O cenário do karuta pode ser facilmente dividido em dois períodos: antes e depois de Chihayafuru. Por ser um esporte tradicional e bem exigente com iniciantes (memorização da antologia poética completa), o karuta não costumava chamar muito a atenção do público jovem. Logo, a renovação de jogadores era um grande desafio. Após Chihayafuru, tudo mudou: o que antes parecia um esporte muito difícil, chato e ultrapassado ganhou novos ares e um fôlego impressionante. A franquia se manteve na mídia por toda a década de 2010, com conteúdo relevante sendo lançado constantemente.

Imagem de divulgação do Chihayafuru Fund
Continuar lendo

Março – Mês das Mulheres

Hoje, dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, e no dia 03 de março é comemorado o Hinamatsuri (Festival de Dia Das Meninas). Por isso, é o mês perfeito para nossa homenagem às mulheres e para falar um pouco mais sobre sua participação no mundo do karuta.

Uma parte das nossas membros em um dos nossos últimos encontros presenciais no ano passado

Continuar lendo

Relato: “Como comecei a jogar karuta?”

Hoje gostaríamos de compartilhar com vocês um relato muito interessante da Maria Clara, membro honorária do Meguriai e atual presidente do Rio Karuta – Associação de Karuta do Rio de Janeiro. Em 2019, durante os meses que aprendia a jogar, ela fez um diário de bordo, compartilhando suas experiências e sentimentos relacionados ao karuta. Por ser um relato único, pedimos a autorização dela para compartilhar também com os leitores do Meguriai. A versão original vocês podem ver aqui no blog dela.

Maria Clara (à esquerda) jogando genpei.
Continuar lendo

4° Torneio de E-karuta das Américas

No último dia 30 de janeiro, nós participamos do 4° Torneio de E-karuta das Américas, representando o Meguriai pela primeira vez com um time completo (se você não sabe o que é e-karuta, talvez queira dar uma olhada na nossa postagem sobre). Devido à pandemia, clubes de karuta no mundo inteiro tiveram que parar seus treinos e isso ensejou o surgimento de uma comunidade ativa de jogadores da versão digital. Desde o ano passado, Mutsumi Stone organiza torneios em que podem participar qualquer pessoa de países americanos.

Continuar lendo

Meguriai na TV – 1° Torneio Mundial de Karuta – 2018

Quem acompanha o Meguriai há mais tempo deve lembrar que quando fomos ao Japão em 2018 para participar do 1° Torneio Mundial de Karuta em Otsu havia uma equipe do programa “Why did you come to Japan?” [YOUは何しに日本へ?]  da TV Tokyo, que ficou com a gente por três dias e realizou a cobertura do evento. Depois de dois anos, finalmente o programa foi ao ar no dia 28 de dezembro de 2020. Nós já falamos aqui no blog como foi a viagem. No entanto, achamos que seria interessante comentar alguns detalhes do que foi ao ar e ficou de fora da nossa postagem original.

Continuar lendo

Queen e Meijin 2021: Nossas Impressões

No dia 09 de janeiro de 2021, aconteceram as partidas que decidiram a 65ª Queen e o 67° Meijin do karuta competitivo. Yuri Yamazoe e Soujirou Jimi foram os desafiantes após ambos vencerem a partida do desafiante em novembro do ano passado. Eles enfrentaram, respectivamente, a atual Queen, Kyouko Honda, e o atual Meijin, Keitaro Kumehara. Anteriormente, já havíamos compartilhado os perfis deles aqui no blog

Jogadores durante a cerimônia de abertura (cr. twitter @oumikangakukan)
Continuar lendo

Disputa pelos títulos de Queen e Meijin 2021

Olá, pessoal! Desejamos a todos um feliz ano novo. Estão preparados para a disputa de 2021 pelo título de melhor do Japão?

No karuta competitivo, um esporte mental tradicional japonês, os melhores jogadores são aqueles no posto de Queen (Rainha) e Meijin (Mestre), títulos para mulheres e homens, respectivamente. Uma vez por ano ocorrem as classificatórias para disputar este título: são eleitos o melhor homem e a melhor mulher da região Leste e da região Oeste do Japão, e os dois disputam entre si para ver quem terá direito de desafiar a Queen ou o Meijin que foi eleito no ano anterior. Nós escrevemos sobre a disputa pela vaga de desafiante aqui, e hoje vamos apresentar os perfis de quem vai disputar o título e as expectativas para as partidas deste ano.

Salão Urayasu, onde são realizadas as partidas (cr. twitter @biwako_otsu)
Continuar lendo